logo
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aenean feugiat dictum lacus, ut hendrerit mi pulvinar vel. Fusce id nibh

Mobile Marketing

Pay Per Click (PPC) Management

Conversion Rate Optimization

Email Marketing

Online Presence Analysis

Fell Free To contact Us
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aenean feugiat dictum lacus

1-677-124-44227

info@your business.com

184 Main Collins Street West Victoria 8007

 

Alunos participaram de forma muito ativa no 8º Dia Aberto

blank

Alunos participaram de forma muito ativa no 8º Dia Aberto

O 8.º Dia Aberto da Santa Casa da Misericórdia de Marco de Canaveses, que se realizou a 12 de maio, desenrolou-se sob o mote ‘oferecer excelência de qualidade no âmbito da saúde, do apoio social e da responsabilidade social’ e teve um balanço muito positivo.

A iniciativa, criada há nove anos atrás e destinada aos alunos do 11.º e do 12.º ano da Escola Secundária do Marco de Canaveses, evoluiu ao longo dos anos e, depois de não se ter realizado em 2020 devido à COVID-19, regressou num modelo adaptado à nova realidade. Houve uma parte presencial e a visita virtual às instalações da Santa Casa, com uma abordagem especial.

Os alunos envolveram-se ativamente neste processo, não só através de um concurso com o poster de divulgação deste Dia Aberto, que foi criado pelos aluno, mas também pelo facto de os alunos terem filmado os serviços da Santa Casa. Filmaram as instalações e recolheram o testemunho dos profissionais.

A vertente presencial do 8º Dia Aberto incluiu uma palestra que deu a conhecer as profissões na área da saúde, com Alcino Silva e Gustavo Carona como convidados.

Para Maria Amélia Ferreira, Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Marco de Canaveses, é muito importante “receber os alunos numa fase de escolha vocacional para as áreas da saúde e não só” e “mostrar-lhes o funcionamento de uma estrutura de saúde nuclear na cidade”. Apesar de ter sido uma edição diferente, “houve uma participação muito ativa da comunidade escolar, que justifica o desenvolvimento de competências transversais que lhes serão essenciais para o futuro”, considera.